Evangelho de Domingo

 *** EVANGELHO DE LUCAS***
17,11-19

11Aconteceu que, caminhando para Jerusalém, Jesus passava entre a Samaria e a Galileia. 12Quando estava para entrar num povoado, dez leprosos vieram ao seu encontro. Pararam à distância, 13e gritaram: “Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!”

14Ao vê-los, Jesus disse: “Ide apresentar-vos aos sacerdotes”.

Enquanto caminhavam, aconteceu que ficaram curados. 15Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; 16atirou-se aos pés de Jesus, com o rosto por terra, e lhe agradeceu. E este era um samaritano. 17Então Jesus lhe perguntou: “Não foram dez os curados? E os outros nove, onde estão? 18Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, a não ser este estrangeiro?” 19E disse-lhe: “Levanta-te e vai! Tua fé te salvou”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

 

 

lecto
1
   *** COMENTÁRIO DO EVANGELHO ***

Paz e Bem! A experiência da fé. Hoje o Brasil, o povo brasileiro tem motivos para se alegrar, comemorar o prodígio da fé. A canonização da Santa Irmã Dulce, conhecida como Mãe dos Pobres, anjo bom da Bahia. Nosso Senhor pode mudar as situações mais dolorosas, o Senhor transforma a vida das pessoas. Experimentemos a confiança da sua graça. Não é só receber as graças de Deus, mas agradecer. Irmã Dulce é este exemplo de virtude, de fé, de oração, uma alma que dialoga com Deus. Temos mais uma intercessora, junto a Deus Santa Irmã Dulce, dos pobres Rogai por nós! “Tudo o que acontece no universo tem uma razão de ser; um objetivo. Nós, como seres humanos, temos uma só lição na vida: seguir em frente. E ter a certeza de que apesar de as vezes estar no escuro, o sol vai voltar a brilhar -”  Santa Irmã Dulce 
IMG-20170131-WA0017
Pe. Wanderley Calça
“Família Orionita”